Blog

Ouvidoria do Banco Central: como entrar em contato?

ouvidoria-banco-central

O Banco Central do Brasil, também chamado de BACEN, BCB, ou BC, é uma autarquia federal, integrante do Sistema Financeiro Nacional, vinculado ao Ministério da Economia.

Ele é responsável por todas as operações monetárias no país, desde a quantia de dinheiro circulando na economia as tarifas cobradas pelos bancos, de crédito e cambiais, sendo então fiscalizar de todos os bancos. Mas, então como entrar em contato com a ouvidoria do Banco Central? É o que veremos.

O que é o Banco Central?

O Banco Central é uma entidade financeira que exerce suas funções com autonomia, ou seja, não se subordina a nenhum outro órgão, e, tem como atributo, garantir a estabilidade econômica do país, por meio da manutenção do poder de compra da moeda e da regulação do sistema financeiro.

Dessa forma, a atuação do Banco Central, permite que relações econômicas se mantenham equilibradas, pois, apesar dos bancos terem liberdade para estabelecer suas próprias diretrizes, eles estão limitados pelas regras provenientes do Banco Central.

Por meio dessas regras, os cidadãos terão seus direitos resguardados, mantendo uma concorrência justa entre as empresas do setor.

Um exemplo a respeito disso, é o fato dos bancos não cobrarem dos correntistas taxas para o fornecimento de cartão de débito, regulando o sistema financeiro.

E, além disso, corretoras de valores, também estão subordinadas a autorização e fiscalização do Banco Central.

Quais são as principais funções do Banco Central?

Ele apresenta funções muito bem definidas, sendo o responsável por gerir e supervisionar todo o Sistema Financeiro Nacional (SFN), influenciando fatores como, preços, créditos, e negociação em moeda estrangeira, atuando também no combate a inflação.

O papel do BACEN, vai muito além de mero regulador, pois, ele impede uma verdadeira catástrofe financeira, que poderia ocorrer, sem a sua supervisão monetária, cambial e de crédito.

E, além disso, há outras atribuições como:

  • Controle do mercado de crédito;
  • Habilitação e Fiscalização das Instituições Financeiras;
  • Emissão de papel-moeda e moeda metálica.

O Banco Central tem toda uma estrutura preparada para conter situações que desvalorizem a moeda brasileira, assim como, também se mantém de olho na moeda estrangeira.

Quais são os serviços ofertados pelo BACEN?

Entre tantos serviços, o BACEN educa os cidadãos por meio de levantamentos e dados sobre o mercado, cotação do dólar, taxas de juros de bancos e corretoras e tarifas bancárias.

Como entrar em contato com a ouvidoria do Banco Central?

Para começar, você precisa entender que todas as reclamações sobre serviços prestados por bancos, devem ser primeiramente, direcionados ao próprio banco, nos seus canais de atendimento, e, em último caso, na ouvidoria do banco.

Se, mesmo cumprindo todas as etapas, suas dúvidas não forem sanadas, você pode entrar em contato com o Banco Central, pois, sua reclamação ajudará o Banco a melhorar as normas de fiscalização do sistema.

Mas, o Banco Central não faz parte do Sistema de Defesa do Consumidor, e, sendo assim, ele não irá interferir na relação de contrato entre você e a instituição financeira, seja banco ou cooperativa de crédito, por exemplo.

Então, se você tiver problemas com o seu banco, você deve:

  • Registrar queixa nos canais de atendimento do seu próprio banco;
  • Se o problema não se resolver, procurar a Ouvidoria do seu banco;
  • Se o problema continuar, procurar a Central de Atendimento do Banco Central.

Para entrar em contato com a Ouvidoria do Banco Central, existem várias formas, veja:

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO

Telefone: 145 (custo de uma ligação local)

Horário de atendimento: Seg a Sex – 8h às 20h.

POR CARTA

Setor Bancário Sul (SBS), Quadra 3, Bloco B 3º andar, Edifício Sede do Banco Central. CEP 70074-900 – Brasília – DF.

PRESENCIALMENTE

Em Brasília e nas representações regionais – Belém, Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

PELA INTERNET

Banco Central – Registre Sua Demanda

  1. Depois de clicar no link, você será direcionado para o site do Banco Central, devendo informar seu CPF ou CNPJ e transcrever os caracteres ao lado e clique em “entrar”.

Há também a possibilidade de reclamar de forma anônima, mas, o seu registro não será salvo, e você não conseguirá acompanhar.

  1. Em seguida, na tela que se abre, insira o nome do banco contra qual você irá reclamar. E, depois escolha o assunto da reclamação.
  2. E, depois, aparecerá o campo “mensagem”, onde você deverá relatar todo seu problema.
  3. Informe todos os seus dados pessoais, e clique em “avançar”.
  4. Insira seu endereço.
  5. Depois, finalize sua solicitação.
  6. Por fim, você receberá um protocolo da reclamação. Guarde ele, pois, será por onde você poderá acompanhar o processo!

Seu banco tem o prazo de até dez dias úteis para responder sua demanda, com cópia para o Banco Central. Se a sua reclamação for bem fundamentada, ela vai compor o ranking das instituições que mais recebem reclamações.

Conseguiu entender? Não é o Banco Central que vai responder a sua solicitação, mas, sim o banco com o qual você tem tido problemas. Mas, agora a relação será intermediada pelo Banco Central!

Como faço para acompanhar minha demanda?

É bem simples! Basta clicar aqui. E você conseguirá acompanhar o andamento da sua solicitação informando seus dados e o número da demanda.