Blog

Financiamento Estudantil: dicas de como você pode conseguir um!

Se você pensa em fazer faculdade mas está sem o dinheiro para pagar? Ou, já está na faculdade e a grana apertou? Você sabia que pode fazer um financiamento estudantil?

O sonho de fazer uma faculdade às vezes fica muito distante. Passar em um concurso para uma Universiade Federal não é fácil, o curso tão sonhado é difícil, mas o importante é não desistir do seu sonhos!

Uma opção que vem se tornando cada vez mais viável é o financiamento, que pode ser feito junto ao Governo Federal e junto à instituições privadas.

Há diferentes formas de ingressar na faculdade e fazer vestibular com financiamento estudantil, alguns com 50% da mensalidade e outros com até 100%. 

Nesse artigo você irá ver diferentes opções de financiamento e dicas de como conseguir um ideal para você.

Como funciona o novo FIES?

O Fies está com um novo formato, ele foi dividido em 3 tipos:

  • Fies 1: a renda familiar deve ser de até três salários mínimos e você pode morar em qualquer lugar do Brasil. Nesse caso, a taxa de juros será zero. Há 150 mil vagas disponíveis.
  • Fies 2: a renda familiar deve ser de até cinco salários mínimos. Só serão aceitos estudantes que morem nas regiões Norte, Nordeste ou Centro-Oeste. O juros será em média de 3% ao ano. Há 150 mil vagas disponíveis.Tem 150 mil vagas.
  • Fies 3: renda de até cinco salários mínimos. Sem restrição de local de residência., Há 60 mil vagas disponíveis. 

Para dar entrada no Fies é preciso ter feito alguma prova do ENEM a partir de 2010 e ter tirado nota mínima de 450 pontos e não ter zerado a redação.

Assim, participará da seleção no portal do FIES, através do site: http://fiesselecao.mec.gov.br/ 

O pagamento das prestaçõe será iniciado assim que o estudante começar a trabalhar após se formar e o desconto será de 30%.

Financiamentos Privados

Se você não conseguiu passar no concurso para universidade pública e não conseguir usar o FIES, ainda há opções particulares.

Pravaler 

Com o financiamento do Pravaler é possível pagar até 50% do valor da mensalidade do seu curso. No site da empresa é possível fazer uma simulação do crédito disponível em seu caso, de acordo com sua renda.

Os juros giram em torno de 1,35% ao mês, ou 17,5% ao ano.

Bradesco

O financiamento estudantil pelo Bradesco pode ser realizado em até 100% da mensalidade, os juros giram em torno de 1,69% ao mês. 

Santander 

Primeiramente, o programa só entrou no mercado realizando financiamentos para as faculdades de Medicina e a Pós Graduações.

De acordo com a empresa, o aluno irá pagar apenas a metade da mensalidade todo mês, e assim, a despesa do semestre é diluída ao longo de um ano

Ou seja, as prestações não irão se acumular. Dessa forma, um curso de seis anos, como o de medicina, poderá ser pago em doze anos.

É importante deixar claro que para conseguir um financiamento estudantil não será preciso comprovar renda própria, porém será necessário ter um fiador.

De uma forma geral, há uma exigência onde as rendas do fiador e o aluno somadas sejam equivalentes a duas vezes e meia o valor da mensalidade do curso. Dessa forma, a mensalidade do curso sendo R$ 2.000,00, a soma das rendas teria de ser R$ 4.500,00.

O importante, como falamos, é não desistir dos seus sonhos. Há várias alternativas de financiamento estudantil para você ingressar ou continuar na faculdade.

Clique aqui e conheça cursos gratuitos online