Blog

Como escrever melhor uma redação

Existem muitos tipos diferentes finalidades quando o assunto é escrita. Qualquer que seja a sua razão para colocar palavras na página, e qualquer que seja o seu estilo, existem algumas dicas universais que irão ajudá-lo a adaptar a sua mensagem e melhorar a sua escrita.

Neste artigo, vamos aprender a escrever melhor uma redação e assim, melhorar sua capacidade de escrita.

Seja claro sobre o seu propósito

A pergunta mais básica a se perguntar antes de começar é refletir no porquê você está escrevendo.

Em um ensaio acadêmico ou atribuição, seu propósito é transmitir informações e fatos e tirar conclusões. Mas se você está escrevendo uma redação sobre negócios, você pode querer fazer recomendações para ações específicas. Em uma carta de reclamação, você estará procurando um resultado específico, como um reembolso ou uma ação necessária.

Mantenha seu propósito em mente em todos os momentos para evitar sair do tópico. Melhor ainda: escreva-o em poucas palavras possível, deixe anotado, e mantenha-o ao seu lado enquanto escreve. Assim você terá sempre o tema específico ao seu alcance.

Escolha o estilo apropriado

Na conversa, nós instintivamente adaptamos o que dizemos e como dizemos para atender às pessoas com quem estamos falando.

Falamos com o nosso gerente ou conferencista de uma maneira, com amigos de outra, e assim por diante.

Para uma boa escrita é essencial fazer o mesmo: escolher um estilo de escrita e palavras que as pessoas para quem você está escrevendo se sentirão confortáveis e reagirão bem. Escrita acadêmica tem um estilo, de negócios tem outro e assim por diante.

Tenha um objetivo claro

Muitas vezes as pessoas escrevem sem um objetivo.

O resultado é muitas vezes escrita desarticulada, com partes que não se conectam, nenhuma entrada clara, e nenhuma saída óbvia. Quer esteja a escrever uma redação de 15 mil palavras ou uma carta de reclamação, a criação de um plano e estrutura claros é o primeiro passo crucial para fazer passar a sua mensagem de forma rápida e eficaz.

Criar um mapa mental, ou a organização de informações visualmente com diagramas, pode ser uma ferramenta útil para melhorar sua redação

Pense nos seus leitores

Seu objetivo por escrito é comunicar idéias e informações para outras pessoas, e você deve ter isso em mente com cada palavra e frase que escreve. Constantemente se pergunte para quem cada item de informação é realmente para.

Porque você tem uma idéia clara sobre o que e por que você está escrevendo, é fácil se deixar levar e incluir informações que são importantes apenas para você—e ninguém mais. Se o escreveres, podes estar a perder o teu tempo e o dos outros.

Guie seus leitores

Sua tarefa é ajudar os leitores a entender sua mensagem de forma rápida e precisa. Para isso, é necessário mostrar-lhes claramente como as diferentes partes se relacionam entre si.

Cada frase, cada parágrafo deve ser relevante para o que vem antes e o que vem depois. Você deve usar palavras e frases que se conectam ou contrastam para mostrar essas conexões, por exemplo, como resultado, desta forma, em contraste. Os cabeçalhos informativos também ajudam os leitores a seguir a sua linha de pensamento, por isso não tenha medo de usá-los.

Utilizar adequadamente verbos passivos

Em certos tipos de escrita, tais como contextos científicos, verbos passivos são apropriados e amplamente utilizados. Mas, em termos mais gerais, as pessoas usam-nas de forma inadequada, ou usam-nas em excesso.

O problema é que eles podem fazer a escrita parecer impessoal quando precisa ser pessoal, porque eles destacam a ação, em vez de a pessoa executando. Mas muitas vezes quem está executando a ação é uma parte crucial da mensagem. É importante entender quando o passivo é útil e quando não é.

Espero que tenha gostado do artigo. Se gostou, aproveite e compartilhe com seus amigos em sua rede social favorita