Blog

5 DICAS NA HORA DE PLANEJAR SEU VÍDEO INSTITUCIONAL

gravando

Aprender a planejar vídeo institucional é o primeiro passo para tirar dessa estratégia todos os benefícios que ela pode propiciar. E, realmente, ela pode trazer muitos benefícios para uma campanha de marketing digital.

A adoção dessa estratégia pode gerar autoridade e maior engajamento, além de favorecer a comunicação entre uma empresa e seu público. Mas, para que isso aconteça, algumas orientações devem ser observadas.

Com o intuito de falar mais sobre esse assunto, mostramos algumas dicas para que se possa planejar um vídeo institucional de modo a conseguir tirar o máximo de proveito dessa estratégia. Confira!

COMO PLANEJAR VÍDEO INSTITUCIONAL: ESTABELECENDO O OBJETIVO

Antes de qualquer coisa, é preciso que se tenha em mente o objetivo a ser alcançado com o investimento no vídeo.

Assim, deve-se saber o que deverá ser apresentado no conteúdo. Pode-se, por exemplo, apresentar o lançamento de um produto ou serviço.

Nesse caso, o vídeo pode focar nos diferenciais desses produtos, o que pode motivar os consumidores a fazer a compra.

Outra forma de se utilizar o vídeo institucional é apresentando a missão e os valores de uma empresa.

Nesse caso, o foco deve ser a apresentação de um novo olhar sobre o negócio, com o objetivo de criar autoridade e passar uma imagem de confiança.

Em outras palavras, o vídeo institucional pode ser muito marcante para o seu negócio. Para isso, é fundamental ainda que se tenha um estudo acerca da persona do negócio, pois é através dela que se pode definir uma comunicação efetiva.

VÍDEOS INSTITUCIONAIS SÃO SIMPLES, DIRETOS E CURTOS

O mais importante em um vídeo institucional é a mensagem que ele deseja passar.

Essa mensagem precisa ser clara. Sua transmissão deve ser dar não por meio da fria apresentação de dados, mas mediante o apelo emocional daquilo que se pretende oferecer.

Nesse sentido, os vídeos institucionais não precisam ser muito demorados ou detalhados. Isso porque os conteúdos audiovisuais conseguem transmitir muito em pouco tempo.

Tal ocorre porque nos vídeos há a confluência da imagem, do texto e da música, o que proporciona mais eficiência na transmissão da mensagem.

Por isso, deve-se evitar colocar no vídeo informações dispensáveis, visto que estas podem tirar o foco da mensagem principal.

O ideal é que o vídeo institucional tenha menos de um minuto, pois conteúdos curtos e relevantes tendem se fixar mais facilmente no imaginário dos consumidores.

empresa gravando

FAZENDO VÍDEO INSTITUCIONAL COMO FOCO NO PÚBLICO DO NEGÓCIO

Nenhum conteúdo é capaz de agradar a todos. Por isso, não se deve procurar fazer vídeos com essa ambição.

Conforme já foi mencionado, a produção dos vídeos institucionais deve ter como foco a persona do negócio.

Essa é a forma mais simples de se conseguir mais público, haja vista que é a partir da imagem de um cliente ideal que se pode produzir uma comunicação eficiente.

O conteúdo apenas será realmente atrativo se ele for ao encontro das dores de determinado público.

Ao contrário, vídeos feitos considerando aspectos presentes em conteúdos virais podem não atingir as pessoas com perfis próximos à persona.

Aliás, não há nenhum tipo de fórmula que possa explicar o porquê de um conteúdo ter milhares de visualizações e compartilhamentos.

Os vídeos ditos virais são feitos de maneira espontânea e, na maioria das vezes, sequer buscam a atenção de determinado público.

UTILIZANDO CALL TO ACTIONS EM VÍDEOS INSTITUCIONAIS

Já dissemos anteriormente que um vídeo institucional costuma, por si só, motivar o espectador a uma ação.

Contudo, é possível torná-lo ainda mais incisivo com a inserção de uma call to action.

Mas, afinal, o que é uma CTA? Como o próprio termo indica, trata-se de uma chamada para a ação, um convite feito ao usuário para que ele se sinta motivado a agir.

Só para exemplificar, pode-se convidar o espectador a seguir um canal no Youtube, a visitar um site ou, mesmo, a preenher um formulário para envio de newsletters.

É possível também estimular o visitante a entrar em contato por meio dos canais disponíveis ou a deixar um comentário com dúvidas ou sugestões. A CTA também pode ser um convite ao compartilhamento do conteúdo.

Quanto ao momento ideal para inserir a CT, ela pode ser colocada ao fim do vídeo, de maneira breve e clara.

UTILIZANDO MÉTRICAS E OUTROS RECURSOS PARA MEDIR OS RESULTADOS

Tão importante quanto planejar bem os vídeos institucionais é saber como se pode medir o impacto da estratégia.

Existem diversas formas de mensurar a eficiência dos vídeos. Só para exemplificar, pode-se verificar o número de compartilhamentos nas redes sociais e a quantidade de engajamentos.

O número de visualizações também é uma métrica importante. Algumas plataformas profissionais oferecem a possibilidade de se verificar informações referentes ao perfil dos usuários que assistiram ao vídeo.

PLANEJANDO O VÍDEO INSTITUCIONAL PARA ALCANÇAR EXCELENTES RESULTADOS

À vista do que foi dito, podemos concluir que a utilização adequada desse tipo de vídeo permite que se tenha uma poderosa ferramenta de marketing digital.

De fato, planejar vídeo institucional permite que se tenha um conteúdo relevante, o qual pode aumentar muito a credibilidade de um negócio.

E você, costuma planejar a produção de seus vídeos institucionais? Compartilhe sua experiência!